Volta às aulas e lanches saudáveis

Um novo ano começou e chegou a hora de voltar às aulas. O início do ano letivo vem acompanhado da preocupação sobre como programar o lanche das nossas crianças e adolescentes. Afinal, o que devemos colocar na lancheira?

Lunch box consisting of wholegrain cheese sandwich, apple, grapes and cherry tomatoes

Lunch box consisting of wholegrain cheese sandwich, apple, grapes and cherry tomatoes

Antes de tudo, vale ressaltar que é na infância que começamos a formar bons hábitos alimentares que costumam ser adotados ao longo de toda a vida. A adoção de boas práticas alimentares deve ser feita por todos, mas no caso de crianças e adolescentes com diabetes, comer lanches saudáveis torna-se ainda mais importante para auxiliar no bom controle glicêmico durante o período das aulas, evitando episódios de hiper e hipoglicemia e suas complicações. Para ajudar a escolher lanches mais saudáveis, separamos algumas dicas:

1- Disciplina e planejamento: Você pode programar um cardápio semanal com os lanches e fazer uma lista de compras para tornar mais prática e menos monótona e improvisada a escolha dos alimentos e preparações;

2- Deixe seu filho participar da escolha do lanche: No momento de fazer a programação semanal procure inserir seu filho no processo de escolha. Assim ele pode participar dizendo os alimentos que mais gosta e aqueles que tem uma aceitação mais difícil. Além disso, você pode negociar com ele a introdução de novos alimentos saudáveis que ele ainda não teve a oportunidade ou a vontade de provar, tornando a alimentação mais variada e melhorando a aceitabilidade;

3- Porcionamento e contagem de carboidratos: Procure colocar na lancheira a porção correspondente à quantidade de carboidratos que foi indicada para aquela refeição pelo nutricionista do seu filho. Evite enviar pacotes inteiros de biscoito ou mesmo porções muito acima do recomendado;

4- Hidratação: Lembre sempre seu filho de levar uma garrafinha com água para evitar longos períodos sem se hidratar, especialmente em dias muito quentes como é comum nesse período de verão. Os sucos naturais sem açúcar também podem ser uma boa opção, mas não esqueça de que eles têm carboidratos e precisam entrar na contagem para o lanche, uma boa dica é diluir o suco com água, além disso, a água é a melhor opção para hidratar seu filho;

5- Prefira alimentos in natura ou minimamente processados: Esses são os alimentos mais saudáveis e que devem ser a base da nossa alimentação. É o caso das hortaliças, frutas, leite, iogurtes, ovos, castanhas, etc, os quais são muito bem vindos na nossa rotina alimentar, inclusive em formato de preparações culinárias feitas em casa, como pães, bolos, biscoitos e patês;

6- Evite ao máximo alimentos ultraprocessados: Estes alimentos passam por grande processamento industrial e geralmente vem em pacotes e com uma lista gigante de ingredientes na embalagem. O problema é que eles são ricos em açúcar, gordura ruim, sal e muitos aditivos, como corantes e aromatizantes, que fazem muito mal à saúde. Alguns exemplos desses alimentos são salgadinhos de pacote, macarrão instantâneo, biscoitos recheados e nuggets.

Fonte: https://www.diabetes.org.br/