Dicas para economizar nas compras de material escolar

pexels

Planeje o orçamento

No começo do ano, além dos gastos com a escola (matrícula, rematrícula, uniforme, transporte e etc.), a família tem que arcar com outras despesas como IPVA e IPTU, por exemplo. Segundo o coordenador Ricardo Teixeira, da FGV, é importante fazer um planejamento financeiro para saber o quanto se pode gastar sem que as outras contas sejam prejudicadas.

“O grande problema é que essas contas chegam todas ao mesmo tempo. Então, é preciso se preparar do ano anterior para o ano seguinte já pensando em tudo: IPVA, IPTU e escola, para que o impacto sobre os seus gastos totais não seja grande”, conta.

Igor Marchetti, advogado do Idec, complementa que antecipar as compras também é uma boa saída para não acumular as despesas.

“Antecipar a compra de material escolar é um passo fundamental para evitar preços mais altos e longas filas nas papelarias, tão comuns no período de volta às aulas. Quanto mais antecedência, maior será a economia de tempo e dinheiro”, disse.

Pesquise e compare preços

Como são muitas opções de lojas para realizar as compras, uma das sugestões do Igor Marchetti é fazer uma comparação de preços em lojas diferentes.

“Alguns produtos da lista podem ser bem caros, por isso é importante comparar o preço de marcas de lojas diferentes antes de fechar a compra. Comprar livros didáticos diretamente da editora ou adquiri-los de sebos podem ser opções para não gastar tanto”.

Avalie se vale a pena pagar à vista ou parcelado

Para os especialistas, pagar à vista tem a vantagem de não prolongar os gastos, mas é importante levar em consideração o orçamento planejado.

“Para saber se vale a pena pagar à vista ou parcelado, o consumidor deve constatar se há política de desconto na compra à vista. Outra medida possível é juntar pais e fazer uma compra coletiva, buscando assim adquirir produtos a preço de atacado, o que costuma baratear o preço também”, conta Igor Marchetti.

“Pagar à vista e com desconto é a melhor opção. Mas se não tiver o dinheiro, pague no crédito, mas sem juros”, complementa Ricardo Teixeira, coordenador do MBA em Gestão Financeira da FGV.

Guarde dinheiro durante o ano

Segundo os entrevistados, a orientação é pensar em economizar antes desse período de volta às aulas. Criar uma poupança só para estes gastos ajuda na organização financeira do ano todo.

Fonte: https://g1.globo.com/